Atualidades > Especiais > Prêmio das crianças do mundo 2008 > Candidatos
 
 
CONHEÇA OS CANDIDATOS DE 2008
Veja quem são os três finalistas nomeados pela Children’s World e os projetos que cada um desenvolve em prol dos direitos da criança.
 
 
 
 

Por que Josefina é nomeada?
Josefina Condori é nomeada ao WCPRC 2008 por sua longa trajetória de luta pelas meninas que trabalham como domésticas no Peru, muitas vezes em condições semelhantes à escravidão. Muitas das centenas de milhares de empregadas domésticas são expostas a agressões nos lares onde trabalham. Josefina, que também foi empregada doméstica, luta desde a adolescência pelos direitos das meninas trabalhadoras domésticas.
Em 1994, ela fundou a organização Yanapanakusun, que administra um lar para garotas vulneráveis e um centro para trabalhadores domésticos.

Josefina e a Yanapanakusun desenvolvem trabalhos educativos e preventivos em 30 vilas andinas nos arredores de Cusco. Eles também transmitem cinco programas de rádio, administram um hotel, uma fazenda e uma escola para meninas e meninos trabalhadores. 500 meninas já viveram no lar. Dezenas de milhares receberam apoio e auxílio nas atividades abertas do centro. Josefina oferece às meninas alimento, roupas, cuidados com a saúde, um lar, possibilidade de ir à escola, segurança e amor. Porém, acima de tudo, ela trabalha para que todas as crianças trabalhadoras conheçam seus direitos e tenham condições de exigir o cumprimento dos mesmos.
 
 
 
  Por que Agnes é nomeada?
Agnes Stevens é nomeada ao WCPRC 2008 por seus 20 anos de luta pelas crianças sem-teto nos EUA. Todo ano, Agnes e sua organização School on Wheels ajudam milhares de crianças sem-teto com idade entre seis e 18 anos. Centenas de voluntários dedicam dezenas de milhares de horas como professores de reforço de crianças que vivem em albergues, hotéis de estrada, em carros e na rua. Os professores de reforço oferecem segurança às crianças sem-teto. Quando elas se mudam, a School on Wheels as acompanha, proporcionando estabilidade em uma existência
incerta. As crianças podem manter contato com a School on Wheels através de uma linha telefônica gratuita de auxílio. Agnes e a School on Wheels ajudam as crianças a se mudarem de escola e seus pais a obterem novas vias de documentos perdidos, como boletins escolares e certidões de nascimento. As crianças ainda recebem mochilas e material escolar, e dinheiro para o ônibus e o metrô. Em muitos albergues, a School on Wheels montou salas especiais para as crianças, com computadores, livros e material para escrever e desenhar, com o intuito de criar condições para que elas estudem e tenham a chance de serem crianças.
 
 
 
  Por que Somaly é nomeada?
Somaly Mam é nomeada ao WCPRC 2008 por sua longa e muitas vezes perigosa luta para salvar meninas vendidas como escravas para e nos bordéis do Camboja. Somaly, que foi vendida para um bordel quando criança, deseja que as meninas que foram escravas tenham as mesmas oportunidades na vida que as outras crianças. Através da organização AFESIP, ela construiu três lares seguros para as meninas que foram salvas da escravidão. Ali, elas têm alimentação, tratamento de saúde, um lar, chance de freqüentar uma escola e, mais tarde, acesso à uma educação
profissionalizante. Sobretudo, Somaly oferece às meninas segurança, carinho e amor. 3.000 meninas que antes eram escravas, agora têm uma vida melhor graças a Somaly. Ela e a AFESIP representam as meninas no Camboja e cobram constantemente do governo e das diversas organizações, para que cuidem das meninas do país. Somaly é com freqüência ameaçada de morte. Em 2006, sua filha de 14 anos foi seqüestrada, estuprada e vendida para um bordel. Essa foi a punição de Somaly por sua luta em prol dos direitos das meninas.
 
 
 
Thomas Opio
Uganda
Representa as crianças-soldado e as vítimas da guerra.
« outros vídeos »
Declaração dos direitos das
crianças
Por que devemos conhecer o Estatuto da Criança e do Adolescente?



Copyright © 1999-2020. Portal Educacional. Todos os Direitos Reservados.

Termos de uso | Quem somos